Não existe privacidade na internet

Aí está a verdade: o que você vê em seu navegador de internet - Chrome, Firefox, Explorer - não é privado. Utiliza um email? Estão lendo o que você escreve e o que você recebe. Não existe privacidade na internet, acostume-se.

Duvida? Sabe aquela pesquisa que você faz no Google sobre modelos de aparelhos celulares? Já percebeu que, após essa pesquisa, você é inundado com propagandas de aparelhos. Experimente pesquisar por geladeiras! Vai aparecer um monte para você depois.

Clique na imagem para melhor visualização.
É uma estratégia de marketing: ao pesquisar determinado assunto, você envia informações para a empresa de seu navegador. Essa empresa vende essas informações para outras, e seu navegador vira um outdoor. Pesquise por "Google Adwords" e você se aprofundará no tema.

Você não pagou para instalar o navegador: ele é grátis. Mas, ao deixar de pagar pelo produto, isso quer dizer que você é o produto! Como é que você acha que empresas como o Google lucram? Imagine a dificuldade de se fazer e de se manter um navegador de internet estável e rápido. A conta não fecharia nunca se eles não cobrassem de você pelo produto e serviço.

E eles cobram: sua privacidade. Interessante vivermos uma democracia nesse momento: imagine um sistema antidemocrático global em um futuro próximo. Imagine empresas comprando informações "sigilosas" para entrevistar possíveis candidatos a empregos. Será que aquele filme adulto que você algum dia assistiu poderia ser utilizado contra suas chances?

Mundo doido: o que fazer? Deixar de usar a internet? Todos já nos tornamos a mercadoria informação, é impossível nos transformarmos  novamente. Você foi abduzido e não pode voltar a ser o que era. 

E o que éramos mesmo antes da internet? Apenas reféns da televisão. 

Um comentário:

Anônimo disse...

Parabéns pelo artigo. É verdade que todas as nossas ações no Google e no Facebook são guardadas e estudadas. Através dessa informação, os resultados são filtrados de acordo com os interesses previamente demonstrados.

E é incrível a quantidade de informação que o Google sabe sobre nós: é, por exemplo, capaz de adivinhar a nossa série favorita ou até o nosso clube de futebol. Deixo aqui um link com os sítios que nos dizem aquilo que o Google sabe sobre nós: http://www.estrategiadigital.pt/o-que-o-google-sabe-sobre-mim/

As 10 mais lidas