IDH e PIB

Sobre as relações entre o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) e o PIB (Produto Interno Bruto) no Brasil, é CORRETO afirmar que

a - são diretamente proporcionais e compatíveis entre si, porque crescem em igual magnitude.
b - há uma discrepância fundamental, pois o PIB está entre os oito maiores e o IDB apenas na cadas dos 80 maiores.
c - não têm relação entre si e tampouco com as políticas públicas em vigor no Brasil.
d - são inversamente proporcionais ao crescimento da população que, no Brasil é constante.

Resposta correta: para visualização, selecione o espaço entre parênteses abaixo.
( Letra B )

Fonte: Concursos público SEDESE-MG. Nível Superior. 2013.

Questão blocos econômicos

A formação de grandes blocos econômicos macrorregionais é hoje uma realidade intrínseca ao estágio de desenvolvimento do capitalismo. Sua natureza principal consiste em uma redefinição de políticas e tarifas aduaneiras, que passam a ser válidas diferenciadamente para os integrantes de cada bloco.

Sobre os principais efeitos dessa política, é CORRETO afirmar que ela

a - tem resultado num barateamento generalizado de itens de alta tecnologia de ponta.
b - faz com que também o trânsito de trabalhadores seja estimulado entre diferentes blocos.
c - tem sido uma das principais matrizes de conflitos diplomáticos e armados entre países.
d - favorece a circulação de mercadorias e, por consequência, relativiza a noção de fronteira.

Resposta correta: selecione o espaço entre parênteses abaixo.
( Letra D )

Fonte: Concurso público SEDESE-MG. Nível Superior. 2013.

Questão de energia eólica


Empresa vai fornecer 230 turbinas para o segundo complexo de energia a base de ventos, no sudeste da Bahia. O Complexo Eólico Alto Sertão, em 2014, terá capacidade para gerar 375 MW (megawatts), total suficiente para abastecer uma cidade de 3 milhões de habitantes. 


MATOS, C. GE busca bons ventos e fecha contrato de  R$ 820 mi na Bahia. Folha de S.Paulo, 2 dez. 2012



A opção tecnológica retratada na notícia proporciona a seguinte consequência para o sistema energético brasileiro:
a) Redução da utilização elétrica.
b) Ampliação do uso bioenergético.
c) Expansão das fontes renováveis.
d) Contenção da demanda urbano-industrial.
e) Intensificação da dependência geotérmica.

Resposta correta: selecione o espaço entre parênteses abaixo.
( Letra C )

Fonte: Enem 2013, 1º dia, questão 11, prova amarela.

Crianças preferem comprar a brincar

Documentário "Crianças: a alma do negócio".
-O papel da mídia na cabeça das crianças. 
-O consumo exagerado de alimentos industrializados por elas. 
-O consumismo sendo colocado nas cabeças das crianças. 
-O papel dos brinquedos: "Uma criança de antigamente brincava de boneca fazendo o papel de mãe do brinquedo. Hoje as bonecas são uma espécie de espelho, as crianças querem ser como a Barbie: bonitas, descoladas, maquiadas."

Pãozinho a R$0,50

Saudades do tempo que um pãozinho custava R$ 0,10. Pelo preço atual, se você comer dois pães por dia, um de manhã, outro à tarde, vai gastar R$ 30,00 por mês. Em uma família com 4 pessoas, com a mesma média, chega-se a R$ 120,00 por mês! 

E quem ganha salário mínimo?


Parafusos

Dois parafusos. Será que adicioná-los a um suporte para prender uma canaleta que segura os vidros das portas dos automóveis encarecem tanto assim o custo de produção?

A Fiat, em seu modelo Mille Way, sucesso de vendas por sinal, resolveu que sim! No lugar dos parafusos adicionou peças plásticas para substituir os bons e velhos parafusos e roscas de metal. O resultado é que após alguns anos de uso, as peças plásticas ressecam, não aguentam o peso dos vidros, e se rompem. Os vidros das portas caem e não sobem mais, mesmo o motor do vidro elétrico funcionando normalmente. Com a queda do vidro dentro da porta, o risco de quebra do mesmo é alta.

Economia de 2 parafusos? Sim, em uma primeira análise superficial. Mas pensando melhor, pode-se chegar à seguinte conclusão: se um dono de um veículo com esse problema for a uma concessionária autorizada buscando a solução, ele pode descobrir que vai precisar trocar todo o conjunto de vidros elétricos. Ou será que as autorizadas apenas colocariam os parafusos e roscas no lugar, para que os donos fossem felizes para casa pagando micharia pelo serviço e com o plus de uma resolução praticamente definitiva para o problema?

Uma forma de diminuir a vida útil de um produto, para que o cliente “precise” de outro novo - completo. Se pudessem, construiriam carros e peças de papel, para quebrar rápido, e lucrarem mais. 

Viva a obsolescência programada, que as montadoras negam que praticam, óbvio.

Clique na imagem para melhor visualização.

Fukushima

A bomba relógio: desligar uma usina nuclear com problemas. É por esse e outros motivos que deve ser repensada a disseminação da utilização deste tipo de energia. Não existe traje que proteja de maneira eficiente os trabalhadores que tentam resolver o problema da usina japonesa.


Indústria dos cosméticos

O perigo do uso indiscriminado dos cosméticos. Falta regulação no mercado dos EUA, imagina no mercado brasileiro?

Telejornal da CNN localiza Hong Kong no Brasil

Isso para notarem que a Geografia estudada nos EUA é de péssima qualidade.

Clique sobre a imagem para melhor visualização.

As 10 mais lidas