Educação no governo PSDB


Perguntas ao Governador¹ de MG...

Eleitor: "Governador, tudo bem um professor estadual ganhar menos que um motorista² de ônibus em Belo Horizonte?"

Governador: "Em Minas, estamos avançando! Temos a melhor educação do país, medido pelo IDEB!"

Eleitor: “Um motorista de ônibus não precisa de curso superior, talvez nem nível médio de escolaridade. Um professor, por outro lado, precisa. Tudo bem assim mesmo?"

Governador: ...............................................

*Nota 1: O referido Governador é professor licenciado na UFMG.
*Nota 2: Nada contra um motorista de ônibus, é uma profissão digna.

Sobre fases difíceis...

"Momentos difíceis não duram, pessoas resilientes sim."

FLOYD MAYWEATHER JR. Boxeador estadunidense. 


Fonte: Blog Estrategistas. Disponível em: http://estrategistas.com/momentos-dificeis-citacao/. Acesso em: 25 Set 2013.

Mobilidade pelo transporte público

-A tendência de se cobrar mais impostos sobre a gasolina dos carros para custear/baixar os custos do transportes coletivos.
-A tendência de priorização do transporte coletivo com a instalação/ampliação das faixas exclusivas.

Grandes navegações


Buscando sentido para a vida...

"Inventar seu próprio sentido para a vida não é fácil...
...mas ainda é permitido...
...e eu acho que você será mais feliz com esse problema."

BILL WATTERSON. Cartunista norte-americano, criador de Calvin e Haroldo.


Proposta de Bilhete Único para BH

As cidades de São Paulo e Rio de Janeiro já têm suas políticas de Bilhetes Únicos. Belo Horizonte ainda não tem esse tipo de benefício.


Uma ideia que faz do transporte público um meio de transporte mais atrativo. Penso que, para começar a instituir essa política, Belo Horizonte poderia implantá-la, de início, mais simplificadamente, nas seguintes condições:

-Dias de funcionamento: Dias úteis.
-Horários de funcionamento: 05:00h-09:00h / 16:00h-20:00h.

Ao instituir o Bilhete Único por faixas horárias, o cartão BHBUS ou ÓTIMO do cidadão poderia funcionar em qualquer ônibus da região metropolitana (unificando também as bilhetagens eletrônicas) e no metrô. Pagaria-se, apenas, pela primeira passagem. O usuário ficaria habilitado a utilizar o transporte público quantas vezes quiser nas horas de rush, utilizado os mesmos cartões de bilhetagens já existentes.

Esse modelo poderia ser menos oneroso para o município, quando comparado a implantação de um bilhete único mensal, em que o cidadão poderia utilizar quantos ônibus quisesse todos os dias do mês. O fato é que o trânsito é ruim especialmente de Segunda a Sexta, nos horários em que as pessoas saem para trabalhar e nos horários em que elas voltam para casa.

Incentivaria-se o uso do transporte público especialmente quando mais a cidade necessita. Sem custo de confecção de novos cartões. Somente programando os leitores de cartões no transporte público.

Alan Martins.
Geógrafo. UFMG.

Bola de neve "jurática"


Acelerando o aprendizado

Método para melhorar o aprendizado de qualquer coisa:

1. Desconstrua. Qualquer habilidade é, na realidade, um amontoado de outras sub-habilidades bastante específicas. Se você quer jogar bem futebol, na realidade, você está falando em ficar bom no toque de bola, saber se posicionar em campo, ter visão de jogo, tranquilidade para armação de jogadas e afins. Quanto mais eficiente a desconstrução, melhor você poderá praticar deliberadamente cada fator que compõe seu objetivo. Você poderá também selecionar quais os mais importantes e em qual ordem irá abordá-los.
2. Aprenda o suficiente para se corrigir. No caminho de um autodidata, reconhecer o próprio erro é fundamental. Enquanto no modo tradicional de estudo isso só viria muito mais tarde, numa abordagem acelerada, o conhecimento que você reuniu sobre a atividade antes de saber executá-la irá ajudar no processo. Ao saber o jeito certo de fazer – antes mesmo de conseguir executar do modo certo –, você dispensa a necessidade de professor nesse cenário: você sabe onde está errando, só precisa praticar mais até acertar.
3. Remova as barreiras para a prática. Toda a formação de hábitos pode ser enxergada como remoção de barreiras. Se quer correr depois que acorda, deixe o material de corrida ao lado da cama. Ao acordar, você não vai ter trabalho – barreira removida – para juntar suas coisas e sair de casa. Do mesmo modo com o aprendizado: reúna todas as ferramentas e conhecimento necessário sobre a atividade antes de iniciá-la, para tornar mais provável que você continue praticando.
4. Pratique pelo menos 20 horas. O maior impedimento para o aprendizado não é intelectual, mas emocional. As técnicas do meta-aprendizado permitem que você aprenda as coisas no limite humano, mas você não chegará lá se nem ao menos sair do zero. Ser ruim em algo é desagradável, machuca nosso ego e senso de identidade. Por isso, para romper essa barreira – fase do aprendizado em que você é ruim em algo e sabe – faça o compromisso de praticar pelo menos 20 horas. [...] não são quaisquer vinte horas; tem que ser prática deliberada, consciente e estruturada; mas só a ideia de poder aprender qualquer coisa em 20 horas é libertadora.

Fonte: Portal Papo de Homem. Disponível em: http://papodehomem.com.br/a-lei-das-10-000-horas-e-uma-farsa-como-realmente-ficar-bom-em-alguma-coisa/. Acesso em 12 Set 2013. Adaptado.

Antitérmicos para melhorar o trânsito


Participei ontem da audiência pública. Para quem não conhece, a região do Barreiro tem um gargalo no trânsito importante: a interseção da Via do Minério com a Avenida Olinto Meireles, formando uma praça chamada de José de Almeida Neto.

Sucesso segundo Abílio

"Uns sonham com o sucesso, nós acordamos cedo e trabalhamos duro para consegui-lo.

ABÍLIO DINIZ. Empresário brasileiro.


As cores da coleta seletiva


Posições

"Só há duas opções nessa vida: se resignar ou se indignar. Eu não vou me resignar nunca."

DARCY RIBEIRO, antropólogo e escritor brasileiro.


Fonte: Pensador Info. Disponível em: http://pensador.uol.com.br/frase/MTQ1OQ/. Acesso em 06 Set 2013.

Corrupção funciona assim

Leia a reportagem abaixo, escrita pelo jornalista Vinícius Segalla, repóter do UOL.

"Este blog tomou conhecimento nesta semana de um esquema de superfaturamento e fraude em licitação de uma obra viária em uma das 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014.
Quem contou, com detalhes, dando nomes, valores e procedimentos, é um ex-funcionário de uma das empresas envolvidas. Ele não tem sequer uma prova, as coisas são feitas sem provas, sem emails, sem documentos, sem gravações, via de regra. Tampouco tem este blog qualquer prova.
Mas a história que ele contou se encaixa tão perfeitamente no modus operandi de desvio de dinheiro público no Brasil que será contada mesmo sem que este blog tenha qualquer prova. Porque ela é um case perfeito, é um esquema de corrupção de manual.

O equilíbrio entre sonhos e pesadelos

"Infelizmente, o equilíbrio da natureza decreta que uma superabundância de sonhos é compensada por um crescente potencial de pesadelos."

PETER USINOV. Escritor inglês.


As 10 mais lidas