Bomba: o chocolate pode acabar

Quem não gosta de chocolate? Poucas pessoas. Um dos doces mais apreciados do mundo, especialmente por esta pessoa que vos escreve, pode daqui a 20 anos ficar praticamente inacessível para quem não tem dinheiro.

Previsões de especialistas dizem que daqui um tempo o preço do chocolate vai ficar comparável ao do caviar, talvez ficando tão escasso que poderá até mesmo deixar de ser produzido em larga escala. Quais os motivos? Listando alguns abaixo:

-Aquecimento global: ajuda a atrapalhar o regime de chuvas, gerando secas ou grande quantidade de precipitação, prejudicando a produção de cacau, encarecendo-o. A Indonésia, 3º produtor mundial, sofre com este problema.
-Biocombustíveis: alguns especialistas dizem que a produção de cana-de-açúcar é e será muito mais rentável que a produção de cacau. A crescente demanda por produção de combustíveis "limpos", para lutar contra o aquecimento global, pode levar agricultores cacaueiros a abandonarem a produção.
-Consumo: países asiáticos estão e consumirão mais chocolate. Pôr a culpa na China não resolve o problema, mas o fato é que a oferta da mercadoria não acompanhará a demanda, encarecendo o chocolate.
-Mercado capitalista: o cacau é uma mercadoria, e como tal compete com outras no mercado. Vivemos em um mundo em que a produção de alimentos é influenciada pelo sistema econômico. Esse é um dos principais motivos para ainda haver fome no mundo.

Cacau: matéria-prima do chocolate
Os maiores produtores de cacau estão na África. Os primeiros colocados na produção são Costa do Marfim  e Gana. Seus fazendeiros estão abandonando a produção em busca de negócios mais rentáveis. Eles sofrem também com o empobrecimento da terra, fruto de anos e anos de cultivo da mesma planta em uma área, sem a correção do solo adequada. A correção encarece mais a produção e deixa o cultivo ainda menos rentável.

O cacau é apenas um exemplo do que acontece com a produção de alimentos. No Brasil a produção de soja é incentivada para exportação, por ser mais rentável, enquanto a produção de alimentos vai sendo deixada de lado, encarecendo os alimentos! O que fazer diante desse quadro?

Fonte: Portal Info Abril. Disponível em: http://info.abril.com.br/. Acesso no dia da postagem.

Nenhum comentário: